Procurando por algo?

Neologismo por Matheus Rocha

Autor:
heart

Sabe aquilo que você sente e não consegue traduzir em palavras? Pois o escritor Matheus Rocha consegue! Eu conheci a página dele, Neologismo, no facebook há um ano e sou completamente apaixonada pelos textos que escreve.

Esse feriado me aconteceu algo engraçado, deitada antes de dormir, vi uma de suas atualizações e me identifiquei completamente com o texto e resolvi comentar. Comentei a minha experiência, palavras que vieram do meu coração e sabe o mais legal? Recebi mensagens de outras pessoas me agradecendo pelo o que escrevi, foram inúmeras curtidas no meu comentário, inbox de agradecimento e isso me fez tão feliz, feliz por saber que as minhas palavras ajudaram ou tocaram alguém.

Por isso resolvi compartilhar aqui com vocês o texto do Matheus Rocha:

“Quando a gente se despediu pela última vez, tudo em mim doeu. Dos pés ao coração, nada ficou no lugar. Dos pensamentos às emoções, nada parecia que iria vingar outra vez. Mas preciso dizer, agora, o contrário do que disse antes – é impossível desistir do amor e continuar vivendo. Amar, gostar, se apaixonar e todas essas outras ações são tão involuntárias quanto respirar ou o pulsar do coração. A gente promete que – nunca mais – e quando nota, já é presente.

O pior do fim de qualquer história não é, de fato, que ela chegue ao fim. O ruim mesmo é chegar ao término com tantos sentimentos acumulados no peito. Com tantos desejos reprimidos. Com tantas promessas de – para sempre – rasgadas, rejeitadas e ignoradas. Deixadas para lá, como se quem as tivesse feito não tivesse a mínima obrigação de honrar as palavras. Talvez, de fato, quando a gente promete qualquer coisa apaixonado, uma cláusula escrita a letras minúsculas afirme: enquanto existir vontade.

E assim, como se a minha única obrigação fosse seguir em frente, dei um passo por vez rumo a um futuro incerto. Um futuro sem os sonhos que sonhamos juntos, sem os planos que fizemos de uma vida farta, sem as tuas mãos para me amparar, segurar ou empurrar para frente. Recomeçar, depois do fim de uma história, requer coragem. Digo coragem porque enfrentar o desconhecido dá medo. Voltar a se relacionar com qualquer pessoa dá medo. Aceitar que um novo sentimento pode estar brotando no peito também dá medo.

E eu enfrentei os dias que se seguiram depois do nosso último com medo, mesmo. Porque não poderia deixar que o fim daquela história significasse também o fim da minha vida inteira. Talvez, sem você, meus dias tenham mudado de tom, de cor, de forma, talvez eu seja hoje mais ou menos inseguro, apressado, desconfiado, imaturo, ciumento ou qualquer outra marca que o fim de um relacionamento sempre deixa na gente. Mas eu segui. Não me permiti ficar ali, eternamente, esperando que você pudesse mudar de ideia.

Ainda acredito no amor. Ainda sei que posso e vou me apaixonar. Seria mesquinho da minha parte desmerecer um sentimento tão nobre porque alguém não soube vivê-lo comigo. Seria pessimista demais dizer que – nunca mais – quando, na verdade, é muito mais fácil, seguro e menos doloroso aceitar que – com você, de fato, nunca mais – mas comigo, com alguém que me ame e me faça realmente feliz – para sempre – ou: até que um novo recomeço nos separe.” (Matheus Rocha)matheusE sabe o que comentei? Apenas isso:

O legal desse texto é que ele é exatamente a vida real… Mas o melhor de tudo é saber que passei por cada sentimento escrito aí e consegui seguir em frente, não fiquei parada naquela história. Hoje, depois de algum tempo, eu olho para trás e vejo que me transformei em uma pessoa melhor, enfrentar meu medo me tornou forte e hoje estou escrevendo uma história muito mais bonita. Se você está passando por isso, não desista, não olhe para trás, siga em frente, o melhor está por vir! 

Link do post aqui.

É isso gente, é necessário seguir em frente, a vida continua e você pode tornar ela cada dia mais maravilhosa! Nós temos essa mania boba de nos enganar, quando a realidade não agrada, insistimos em mentir para nós mesmo, nos apegamos a ilusões para servir de escudo e nos proteger da verdade.

Agora vai a minha DICA, e a resposta que dei para muitas meninas que me mandaram mensagem:

A mentira dói, mas dura pouco e você deve encarar sempre a verdade e ela é só uma amiga: se ele gostasse de você, você saberia, não se engane! Se ele gostasse de você não haveria dúvidas. Quem gosta não faz joguinho e nem fica estranho, quem gosta não te deixa insegura. Quem gosta não corre esse risco, quem gosta é certeza e não dúvida!

Quem gosta faz de tudo para você saber disso, cuida, protege e se importa. Quem gosta pergunta se você já chegou em casa ou como foi seu dia no trabalho. Quem gosta te apoia, te consola e ri junto com você. Quem gosta repara, é singelo, diz que gosta e te manda uma mensagem só para te dar bom dia.

Quem gosta te olha sem jeito mas insiste em olhar porque é pelo olhar que a gente tem certeza, é pelo olhar que a gente sente que gosta. Quando há dúvida, não há dúvida, não é suficiente. Todo mundo merece a CERTEZA.

Olhe para você, siga em frente, VÁ SER FELIZ, a vida é só uma! Você merece a certeza de alguém te ama!

Beijos enormes!

Entradas Relacionadas

About Me

Meu nome é Isabella Caravaggio.
Taurina, teimosa e uma consumista assumida. Adoro moda, adoro beleza, adoro ler, adoro viajar, enfim adoro novidades!

Leia Mais »

Instagram

Snapchat

  • Snap02.jpg

Mais Populares

8614964_orig Aussie desembarca no Brasil

Oie Meninas! Já sabem da novidade? O queridinho Aussie acaba de desembarcar no Brasil! É isso mesm...

Publicidade

  • isak2.gif